Gestão Pública II: não é preciso inventar a roda

Profissionalismo, eficiência e experimentalismo cooperativo intragoverno e governo/sociedade são base de um modelo só implantado em Minas

O inédito modelo de administração pública, apelidado de Choque de Gestão e criado pelo senador Aécio Neves em Minas Gerais há quase uma década, sempre foi exemplo usado até mesmo por membros esclarecidos do governo federal que tentavam furar o bloqueio partidário para discutir a questão da Gestão Pública. E isso se repetirá na Frente Parlamentar Mista de Gestão Pública, criada na última semana em Brasília e apoiada por diversas instituições, como a Controladoria Geral da União e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Infelizmente, enquanto o inovador modelo de gestão pública criado em Minas Gerais era copiado mundialmente por organismos de fomento e outros governos em diferentes esferas, no governo brasileiro, as vozes que abriam o debate sobre a ineficiência da União sempre eram dissonantes e, consequentemente, abafadas.

Há cinco anos, quando aceitou ocupar o cargo de ministro de Assuntos Estratégicos do Governo Lula, o filósofo e teórico social Mangabeira Unger ensaiou liderar uma discussão nacional sobre o que chamava de“uma Agenda Nacional de Gestão Pública”.

Sem citar a gestão eficiente de Aécio Neves, que já era realidade desde 2003, a base de pensamento do então ministro de Lula assentava no tripé: profissionalismo, eficiência e cooperação intragoverno e governo/sociedade.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s