As supostas reformas do governo federal – Caio Narcio comenta artigo do senador Aécio Neves para a Folha de S. Paulo

Fonte: JPSDB MG

Senador Aécio Neves: Artigo

Em artigo para a Folha de S. Paulo, “Reformas”, o senador Aécio Neves destaca a importância do legado brilhante deixado pelo ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, e compara com a realidade atual.

Representando o Congresso Nacional a convite do presidente do Senado, José Sarney, o senador Aécio Neves acompanhou de perto a entrega do prêmio John W. Kluge ao sociólogo e ex-presidente da Nação, Fernando Henrique. O prêmio visa reconhecer trabalhos com temas que abordam história, filosofia, ciência política, psicologia, antropologia e filosofia, que não se encaixam nas categorias do prêmio Nobel.

O senador Aécio Neves destacou, também, a brilhante direção de FHC sob o comando do Brasil, deixando para o próximo governo um país estabilizado, e com “bases para um novo patamar de desenvolvimento nacional”, como afirma o senador de Minas e principal líder da oposição ao Congresso, Aécio Neves.

Já na manhã seguinte, Aécio Neves, líder da oposição, retornou para Brasília para participar da votação do processo de cassação contra o ex-senador do DEM, Demóstenes Torres. Onde garantiu que o seu voto foi o mesmo da Comissão de Constituição e Justiça e que esteve a favor da preservação da instituição.

Aécio afirmou também que “o resultado foi aquele que se esperava, houve uma quebra de confiança do senador Demóstenes para com os seus pares. Cabe a nós, senadores, garantirmos a respeitabilidade da instituição, as suas prerrogativas.”.

Sob o limiar de duas situações tão distintas, o senador compara a atual realidade do Governo Federal com a que vivemos durante a direção de Fernando Henrique, na qual o ex-presidente teve coragem, pulso e sabedoria para dirigir as reformas econômicas da década de 90, desde quando era ministro e idealizador do Plano Real, que mudou (para muito melhor) a direção do nosso país.

Fato histórico e engraçado: quem não se lembra das negações, difamações e acusações pífias e sem argumentos do PT contra o Plano Real? Quem não se lembra de Lula, o presidente de esquerda “contra” as privatizações, mas que privatizou a Petrobras, como o grande opositor ferrenho do plano na época?

O fato é que, hoje, o PT de Dilma e Lula se beneficia da estabilidade econômica alcançada através do Plano Real. A farsa petista é pouco vista: hoje tiram proveito da (infeliz) baixa politização da população e da pequena memória dos brasileiros tentando fazer com que os méritos da estabilização caiam para ele e o PT.

Voltando para FHC, o ex-presidente teve como foco o desenvolvimento nacional, o que seria melhor para todos. Foi uma reforma política que respeitou a população, que visou a melhoria do país de forma geral.

A conclusão é óbvia: o Brasil, hoje, é um resultado do governo concreto e sólido deixado por FHC, que, apesar do Governo Federal se preocupar apenas com a maioria governista e criar dependência financeira da sociedade com projetos de incentivos econômicos, ainda podemos nos orgulhar de figuras tão memoráveis e que foi de grande valia para nosso querido Brasil.

Indo mais à frente, podemos acreditar que, quem sabe em 2014 possamos nos orgulhar de ver outra figura com a cara do Brasil nos representando? Quem sabe, Aécio?

Quem sabe Aécio?

“Reformas” – Artigo do senador Aécio Neves para a Folha de S. Paulo

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s