Meritocracia, mais uma “palavrinha mágica” para o PT

Senador Aécio Neves: Choque de Gestão

Choque de Gestão de Aécio Neves: alunos das escolas públicas de Minas Gerais vencem, mais uma vez, a Olimpíada Brasileira de Matemática e presidente destaca a “meritocracia” na conquista

A expressão “Choque de Gestão”, em ano eleitoral, poderia simplesmente ser usada como palavras mágicas contra o imobilismo e a corrupção que se instauraram no governo do PT. Porém, nunca se prestou a isso.

Ela foi sim criada no primeiro mandato de Aécio Neves como governador de Minas Gerais, entre os anos de 2003 e 2006. Junto dela, a definição do próprio criador de que a expressão não era fim, mas meio para se chegar a um modelo de administração pública profissionalizado; voltado para a redução das desigualdades; para gastar mais recursos públicos com a população e menos com a máquina estatal e, principalmente, para colocar em prática programas e ações que tivessem como objetivo a melhoria dos indicadores sociais.

Na última semana, os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) colocaram o estado onde o Choque de Gestão de Aécio Neves foi implantado pela primeira vez – Minas Gerais – como o campeão nacional. Atingindo a nota 5,9, enquanto a média do Brasil não passou de 5,0.

Ontem, Minas teve uma nova conquista na educação, uma das áreas em que o modelo de gestão inovador vindo do Choque de Gestão de Aécio Neves teve continuidade e ações pioneiras. O estado foi, novamente, o campeão da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.

Das 500 medalhas de ouro distribuídas entre os alunos vencedores, 111 foram para Minas Gerais. No total, participaram 18 milhões de estudantes de 44 mil escolas públicas de todo o país.

Outra expressão – ou palavra mágica, como alguns petistas costumam chamar – trazida para o âmbito da administração pública pelo Choque de Gestão de Aécio Neves foi “meritocracia”, ou seja, a valorização de um trabalho pelo mérito na execução por parte do gestor público.

Foi essa tal “meritocracia” que a presidente Dilma Rousseff destacou quando entregou as medalhas aos vencedores da Olimpíada da Matemática. Disse ela, a contragosto do PT, “no Brasil de hoje, queremos que o sucesso venha da meritocracia. Essa é uma celebração da meritocracia”.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s