Senador Aécio Neves presta homenagem ao poeta Carlos Drummond de Andrade

O senador Aécio Neves
prestou, nessa quarta-feira (31/10), homenagem ao poeta Carlos Drummond
de Andrade. Em discurso no plenário do Senado Federal, ele lembrou os
110 anos de nascimento do poeta mineiro, participando do Dia D, em que
pessoas de todo o Brasil celebram a obra de Drummond.

Seguem trechos do pronunciamento:

“Senhoras e Senhores Senadores,

Hoje, 31 de outubro, celebramos os 110 anos de nascimento do nosso grande poeta mineiro – Carlos Drummond de Andrade.

O Instituto Moreira Salles no Rio de Janeiro capitaneia a ideia de que em todos os dias 31 de outubro comemoremos o dia D – Dia de Drummond. Propõe esta homenagem como uma clara contraposição ao outro conhecido dia D para apagar a guerra e saudar a liberdade, a imaginação, a aliança entre os homens de boa palavra.

Desde 2011, o acervo de Drummond encontra-se sob a guarda do Instituto Moreira Salles e a iniciativa do dia D conta, neste ano, com a parceria de bibliotecas, de importantes editoras e livrarias brasileiras, da Prefeitura de São Paulo e de outros parceiros que valorizam a poesia e a cultura nacional. Tudo isso traduzido em uma série de eventos que vêm ocorrendo no Rio de Janeiro e em outras localidades.

Drummond em muito sintetiza o nosso País. Poeta mineiro, criou uma poesia universal que extrapolou os limites das Gerais. Em 1934, mudou-se para a cidade do Rio de Janeiro para trabalhar com o ministro da Educação e Saúde, Gustavo Capanema – outro notável mineiro nascido em Pitangui.

Viveu o modernismo, e o modernismo exerceu grande influência em Carlos Drummond de Andrade.

Drummond produziu uma obra que era facilmente entendida e captada pelo grande público, o que o tornou poeta popular. Mas nem por isso produziu uma obra que pudesse ser classificada como superficial. Foi também tradutor de autores como Balzac, Lorca e Molière. Foi jornalista, cronista, ensaísta e ficcionista.

Drummond, acima de tudo, foi um farol de inteligência e cultura no Brasil do século XX que continuará a nos iluminar no presente e no futuro. Por isso, a iniciativa de comemorar a cada ano o dia D – Dia de Drummond precisa ser lembrada e celebrada.”


Aécio Neves

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s