Senador Aécio Neves fala sobre as novas denúncias de Marcos Valério

Brasília – 12-12-12

Sobre as acusações de Marcos Valério acusando aí que o Banco do Brasil estaria envolvido também no esquema de desvio de 2003 do ex-presidente Lula. O que o senhor tem a falar?

Eu tenho dito que para nós da oposição está até difícil de ter uma estratégia para enfrentar tantos escândalos que se sucedem a cada dia. O escândalo de ontem já envelheceu. Já existe um outro hoje. Eu tenho muita confiança nas instituições democráticas brasileiras. A Procuradoria Geral da República tem agido até aqui com absoluta isenção, altivez e eu diria até mesmo coragem. Portanto, cabe a ela, agora, a partir destas informações, averiguar se existem dados que justifiquem, por exemplo, uma nova investigação envolvendo aí o ex-presidente da República.

Não faço juiz de valor, não antecipo esta opinião, até porque não conheço na integralidade estas declarações. Mas pelo que estamos assistindo, ao longo dos últimos dias, deve estar havendo uma reflexão profunda do procurador-geral em relação à necessidade de se investigar o ex-presidente da República. O que eu posso dizer, como cidadão brasileiro, que é lamentável. É lamentável que se confirmarem todas essas denúncias, durante tanto tempo, tem havido uma confusão muito grande entre o que é público e o que é privado por parte do PT.

Aliás, esta é uma marca tradicional do PT, uma dificuldade muito grande de caminhar nesta tênue linha que separa o público do privado. Alguns já foram condenados em razão de não perceberem a necessidade de separar as duas coisas, mas parece que a coisa não terminou apenas nas denúncias do mensalão. Vamos aguardar que as instituições funcionem com serenidade, mas vamos continuar fazendo as cobranças que fizemos até aqui, inclusive dando a oportunidade ao publicitário Marcos Valério de apresentar, através do Congresso Nacional, ao país, todas as informações que vêm, a conta gotas, sendo apresentadas a cada dia.

O senhor concorda com o ministro Joaquim Barbosa que ele deveria ser investigado pelo Ministério Público?

É uma decisão do Ministério Público. O que eu disse é que as informações novas pelo menos geram uma nova expectativa de que uma nova investigação, sem antecipar se será culpado ou não o ex-presidente, é porque eu disse na época do mensalão e tenho repetido, a investigação deve ocorrer e aqueles que sobre os quais as provas não forem cabais e definitivas devem ser inocentados e aqueles, obviamente, onde a culpabilidade for comprovada devem ser condenados. É assim que a democracia se consolida e se fortalece. Vamos aguardar com muita serenidade que a PGR, que vem fazendo um trabalho extraordinário em benefício do Brasil, possa continuar a fazê-lo.

Existe alguma estratégia da oposição para convidar ou convocar o Marcos Valério?

Fizemos isso ontem. Convidamos o Marcos Valério. Novamente, nos manifestamos, todos os partidos da oposição, à PGR, no sentido de que ela avalie a possibilidade de estabelecer ou iniciar uma nova investigação, mas temos plena confiança na PGR. Esta que é a questão central. E ela saberá, como já soube no passado, agir de forma independente em defesa do Brasil, da cidadania e da própria democracia.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s