Apagão do PT: Aécio Neves estava certo, confirma ONS

Fonte: PSDB




No dia que a polêmica MP 579 é aprovada, diretor-geral da ONS confirma que país não está sistema elétrico brasileiro não está seguro
Muitos especialistas e alguns políticos, como Aécio Neves (PSDB), já alertavam que o apagão do PT acontecia pela falta de investimentos do governo federal no sistema elétrico brasileiro. E no dia em que a MP 579 foi aprovada por pressão do Palácio do Planalto, colocando em risco as empresas do setor energético, o diretor-geral da Operadora Nacional do Sistema Elétrico (ONS) confirmou: “sistema seguro só com luz mais cara”.
A reportagem também traz uma cronologia dos apagões do PT:
22/9 – A queima de um transformador na subestação de Imperatriz (MA) interrompe o fornecimento em 11 Estados das regiões Norte e Nordeste. O secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner, afirma que não há falhas na manutenção das empresas de energia e que as fiscalizações estão em dia.


 
3/10 – Incêndio na hidrelétrica de Itaipu (PR) deixa parte das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além dos Estados do Acre e Rondônia, sem energia por cerca de meia hora. O presidente do ONS, Hermes Chipp, qualifica o ocorrido como um “apaguinho”.


 
26/10 – Falha na manutenção de equipamentos da subestação de Colinas (TO) deixa pela segunda vez o Nordeste e parte do Pará e Tocantins, às escuras. Governo afirma que houve falha humana e que sequência de falhas de fornecimento de energia não é normal.


 
15/12 – Um raio atinge a linha de transmissão entre Emborcação e Itumbiara, em Goiás, e deixa sem energia cidades do Acre, de Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Apagão de teve origem em usina de Furnas, diz Ministério de Minas e Energia.

Pelo visto, mesmo que a presidente Dilma Rousseff não queira encarar o problema de frente, o apagão do PT continuará, como alertou o senador Aécio Neves.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s