Aécio Neves 2014: medo do PT virou estratégia

Aécio Neves 2014: medo do PT virou estratégia
Aécio Neves – Senador

Aécio Neves 2014: possível candidatura do senador provoca alvoroço no PT;  articulista do mensalão é convocado para linha de ataque.

Aécio Neves: Eleições 2014

A possível candidatura de Aécio Neves em 2014 tem provocado alvoroço no PT. Tanto que, nos últimos dias, um time foi colocado em campo para cumprir uma tática embasada em duas frentes: desqualificar a pré-candidatura do senador mineiro e colar ao PSDB – partido de Aécio – a imagem de uma oposição raivosa, nos moldes daquela mesma que era praticada pelos petistas durante o Governo Fernando Henrique Cardoso.

E para chefiar esse time, o PT prepara entre os seus cartolas uma “comissão técnica” chefiada pelo ex-presidente Lula. O que é normal e nada surpreendente para um partido que não consegue renovar suas lideranças.

Agora, como principal atacante deste time montado a dedo para enfrentar o projeto “Aécio Neves 2014”, um velho conhecido: o ex-ministro e criminoso condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), José Dirceu. Mas sua escalação surpreende, pois suas condições morais e éticas não se encontram numa situação nem um pouco aceitáveis publicamente.

Um dos chefes do Mensalão do PT, Zé Dirceu – como ele mesmo se intitula em seu microblog – trabalha incansavelmente no ataque como forma de tentar tirar a atenção do pífio desempenho da presidente Dilma Rousseff à frente do governo federal.

O ex-ministro acusa o PSDB e o DEM de criarem “artificialmente clima de crise no país”. Fala isso porque os partidos da oposição se cansaram de passar dois anos à espera de uma postura de diálogo da presidente Dilma junto ao Congresso Nacional.

Zé Dirceu tenta, nas entrelinhas, dizer que PSDB e DEM se portam da mesma forma como o PT sempre fez enquanto não foi governo: foi uma oposição raivosa, avessa ao diálogo e sem qualquer proposta concreta para o Brasil.

O ex-ministro e criminoso condenado tenta, mas não consegue. Basta lhe devolver fatos concretos e lhe pedir que encontre algo de “artificial” neles: PIB de 1%, inflação em alta, investimentos privados em fuga do país, entre outros.

A postura agressiva, raivosa e maquiavélica do grande articulista do Mensalão do PT, Zé Dirceu, é apenas mais uma infantil demonstração de que seu partido teme sim o projeto “Aécio Neves 2014”.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s