Contra Choque de Gestão de Aécio Neves, ordem é morder e assoprar

Contra Choque de Gestão de Aécio Neves, ordem é morder e assoprar
Senador Aécio Neves

Contra Choque de Gestão de Aécio Neves, ordem do PT é “morder e assoprar”, aumentando gasolina e prometendo reduções de tarifas

No mesmo dia em que a presidente Dilma Rousseff sinalizou que pode reduzir os impostos da cesta básica – seguindo o que Aécio Neves fez em Minas Gerais durante o Choque de Gestão -, a presidente da Petrobras, Graça Foster, afirmou que a estatal busca um novo reajuste para o preço dos combustíveis. Desde janeiro do ano passado até o momento, o governo federal já aumentou três vezes o óleo diesel (um acumulado de 16,1%) e duas vezes a gasolina (14,9% ao todo).

A justificativa para nova alta dos preços é a mesma dada pela direção da Petrobras para o aumento anunciado na última semana e que afetará diretamente o bolso da população: a estatal precisa fazer caixa para cobrir o rombo deixado pelo PT em seus cofres. É importante lembrar que ontem o balanço da empresa no exercício de 2012 apresentou uma queda de 36% em seu lucro em apenas um ano.

Parece – e pode ser – mera coincidência, mas a declaração de Graça Foster (de que a governo federal buscará novos aumentos no preço dos combustíveis) vem logo após um anúncio de redução de tarifas em outras áreas.

No mês passado, a presidente Dilma usou a cadeia de emissoras de TV para anunciar mudanças nas tarifas da energia elétrica. A euforia durou pouco, pois nos dias seguintes, veio a ducha de água fria: o governo federal aumentava o preço da gasolina e do óleo diesel.

Agora, quando a direção da Petrobras confirma que novos aumentos nos preços dos combustíveis surgirão brevemente, Dilma vem a público prometer uma redução de impostos sobre produtos da cesta básica.

Só um detalhe: ao final do ano passado, projeto de lei aprovado no Congresso Nacional propunha exatamente a redução das tarifas federais sobre os produtos da cesta básica, mas a presidente Dilma Rousseff vetou a proposta.

O que fica no ar é o que se ouve pelas ruas: “Dilma prometendo redução de imposto? Então, vai aumentar a gasolina…”.
Talvez este não seja o melhor caminho para o PT contrapor o Choque de Gestão e Aécio Neves.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s