Para Aécio, governo do PT coloca em risco a estabilidade da moeda

Fonte: PSDB

Para Aécio, governo do PT coloca em risco a estabilidade da moeda
Aécio Neves critica o governo federal

Brasília – Pela sexta semana consecutiva, o mercado financeiro elevou a previsão de inflação para o ano de 2013. Pesquisa Focus do Banco Central (BC), realizada com mais de 100 instituições e que foi divulgada nesta quarta-feira (13/02), aponta que a estimativa para o índice subiu de 5,68% para 5,71%. Há quatro semanas, a estimativa estava em 5,53%. Nas estimativas do grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções, o chamado Top 5 da pesquisa Focus, a previsão para o IPCA em 2013 no cenário de médio prazo subiu de 5,52% para 5,70%. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, registrou 1,01% na primeira quadrissemana de fevereiro. O resultado, apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), mostrou que na comparação com a primeira medição de janeiro, a inflação mostrou aceleração, já que o índice naquele levantamento foi de 0,86%.

Para o senador Aécio Neves (PSDB/MG), a atual escalada da inflação, com números que estão entre os maiores dos últimos 10 anos, só mostra o tamanho do desprezo do PT pela austeridade, além do equívoco que o governo comete ao tratar a questão inflacionária como um mal menor. “Esta é uma atitude que, aliás, faz parte da história do PT quando o partido virou as costas para o Plano Real. Esta mesma postura hoje coloca em risco a maior das conquistas dos brasileiros nas últimas décadas: a estabilidade da moeda. Todos sabemos que os mais pobres são mais prejudicados pela inflação. Em lugar de tanto estardalhaço nos anúncios de metas e projetos nunca alcançados ou concluídos, o governo precisa tratar com seriedade e responsabilidade essa questão tão relevante para o país”, afirmou o tucano.

Na avaliação de Aécio, a inflação é o mais perverso dos “impostos”, uma vez que penaliza, sobretudo, os trabalhadores de menor poder aquisitivo, corroendo o seu poder de compra. “É ruim para todos: para o país e para os brasileiros, sobretudo para os segmentos de renda mais baixa. São exatamente os segmentos da população que não têm como se defender da inflação e sentem mais intensamente o peso do aumento de serviços essenciais, como planos de saúde e alimentação, inclusive de produtos da cesta básica. É alto o preço que o país está pagando pelas decisões que vêm sendo tomadas pelo governo e pelas que têm sido negligenciadas, como as reformas que deveriam ter sido implementadas. Bons governos administram, no presente, as bases do futuro”, destacou o senador Aécio Neves.

Assessoria de Comunicação da Liderança do PSDB no Senado

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s