Anastasia quer universalizar programa criado pelo senador Aécio Neves

Anastasia quer universalizar programa criado pelo senador Aécio Neves
Programa de saúde criado por Aécio Neves será levado para rede SUS

Saúde: governador Anastasia quer levar programa de apoio a hospitais criado pelo senador Aécio Neves a todos hospitais da Rede SUS
 

Criado há dez anos, pelo senador Aécio Neves, quando de seu primeiro mandato como governador de Minas Gerais, o Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS (Pro-Hosp) mudou a lógica do financiamento dos hospitais que atendem pela Rede SUS. Por meio dele, cerca de 150 hospitais em todas as regiões do Estado passaram a receber um reforço de caixa vindo do Governo de Minas para modernizar suas estruturas físicas, comprar equipamentos de última geração e abrir novas especialidades de atendimento. Agora, o governador Antonio Anastasia quer fazer com que todos os hospitais mineiros que atendem a população gratuitamente pelo SUS tenham a oportunidade de participar do programa.

Como Minas Gerais é o estado com uma das maiores extensões territoriais do Brasil e o que abriga o maior número de municípios (853), montar uma rede integrada de atendimento na saúde é uma operação complicada. E uma das maiores dificuldades era conseguir evitar que as pessoas necessitassem se deslocar para longe de suas cidades em busca de um atendimento qualificado.

O Pro-Hosp foi criado pelo senador Aécio Neves exatamente para reverter essa lógica perversa. O intuito foi de fortalecer hospitais regionais, fazendo com que todas as 13 macrorregiões sanitárias de Minas Gerais possuíssem infraestrutura suficiente para atendimento de média e alta complexidades.

De 2003 a 2012, o Governo de Minas investiu R$ 820 milhões no Pro-Hosp. Agora, o governador Antonio Anastasia, que vem dado prosseguimento às diretrizes básicas do Choque de Gestão criado por Aécio Neves, quer duplicar o número de hospitais atendidos pelo reforço de caixa promovido pelo programa. Para este ano, o Governo de Minas prevê investimentos de R$ 735,2 milhões.

O Pro-Hosp é uma iniciativa do governo mineiro e que poderia ser aplicada em diversos outros estados, onde ainda se vê o caos e as cenas chocantes de superlotação em hospitais das grandes capitais. E é uma boa proposta para ser debatida em 2014, durante as eleições presidenciais, por seu criador, o senador Aécio Neves.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s