Aécio Neves 2014: ministérios viram peça eleitoral com o PT

Senador Aécio Neves: Eleições 2014
Próxima de enfrentar Aécio Neves em 2014, Dilma Rousseff usa de tudo para agradar caciques de partidos e seus “apadrinhados”
“Não, a reforma ministerial não tem nenhuma ligação com o embate com Aécio Neves em 2014”, diria a presidente Dilma Rousseff e seus gurus se fossem realmente questionados em uma entrevista sobre a troca feita nas pastas de Agricultura, Trabalho, além da indicação de Moreira Franco (PMDB) para a Secretaria de Aviação Civil. Mas se não tem, por que trocar o ministro do Trabalho, por exemplo, se a economia e a distribuição de renda estão tão bem quanto o PT propaga todos os dias?
 
Mais complicado para Dilma do que encontrar espaço para todos os partidos em seu governo inflado, tem sido negar que a troca de ministro atende sua estratégia de obter alianças em torno de sua reeleição em 2014. Isso fica cada vez mais evidente e imoral, pois nem mesmo os novos ministros falam dos assuntos internos de suas pastas, mas sim do quanto a sua escolha atende o pleito político de seu partido.
 
Basta ver as declarações dos novos ministros do Trabalho, Manoel Dias (PDT), e da Agricultura, Antônio Andrade (PMDB) e do transplantado de pasta Moreira Franco (PMDB). Foram todos enfáticos em dizer que suas nomeações acalmam o desconforto interno de seus partidos que se sentiam preteridos no arco de alianças em prol da reeleição da presidente Dilma Rousseff.
 
No caso de Manoel Dias, sua chegada ao ministério ocorreu para que Dilma pudesse conter a insatisfação do presidente do PDT e ex-ministro da mesma pasta, Carlos Lupi. Isso porque ele nunca engoliu a indicação de Brizola Neto para substituí-lo após graves denúncias contra sua gestão.
 
Ou seja, no Governo Dilma Rousseff, o Ministério do Trabalho não é um local para planejar e colocar em prática ações que promovam a criação de vagas no mercado de trabalho ou a distribuição de renda. Ele serve mesmo para deixar o cacique do PDT satisfeito e comprometido em apoiar Dilma em 2014 contra Aécio Neves.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s