Líder da oposição: Aécio Neves quer “tolerância zero” com a inflação

Líder da oposição: Aécio Neves quer “tolerância zero” com a inflação
Aécio quer “tolerância zero” com a inflação


Líder da oposição: Aécio Neves critica postura frouxa do PT em relação à inflação; PSDB prepara novo projeto para contar alta dos preços

Tolerância zero é o que o líder da oposição, Aécio Neves, propõe. E o inimigo é um dragão que há muito tempo andava adormecido, mas que, graças a frouxidão da equipe econômica do Governo Dilma Rousseff, despertou e já começa a tomar coragem por andar livre por aí. Trata-se da inflação.
Como o próprio Banco Central publicou em documento há poucos dias, a presidente Dilma Rousseff chegará ao final de seu mandato, em 2014, sem conseguir manter a taxa anual da inflação dentro da meta estabelecida. Um descontrole completo e perigosíssimo quando acontece numa área onde inúmeras variáveis – internas e externas – são capazes de mudar bruscamente o quadro.

Para Aécio Neves, a luz amarela já foi acessa há muito tempo. Não dá mais para esperar uma luz divina sobre a cabeça da presidente Dilma Rousseff ou do ministro da Fazenda, Guido Mantega. No governo do PT, por pura incompetência administrativa, a inflação já deixou de ser fantasma e voltou a ser realidade.

“Desde a saída do Palocci, ex-ministro da Fazenda, os pressupostos macroeconômicos vêm se fragilizando. Há uma leniência do governo com a inflação, a presidente Dilma é leniente com a inflação. A população que recebe hoje dois salários mínimos e meio já tem inflação de alimentos de 14%. Quando o dragão começa a colocar a cabeça para fora, sabemos que é difícil colocá-lo na caixa de novo”, disparou Aécio Neves, em recente entrevista para o jornal Folha de S. Paulo.

CLIQUE AQUI E LEIA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA DE AÉCIO NEVES À FOLHA DE S. PAULO

A candidatura de Aécio Neves pode representar muito mais do que a simples volta do PSDB ao poder central. Ao defender abertamente o legado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador mostra que levará de volta à União uma administração preocupada em manter as conquistas históricas do Plano Real.

“No governo do PSDB, tolerância zero com a inflação. O PT nunca foi muito claro com isso, desde que votou contra o Plano Real. Nos dez anos de governo do PT, apenas em três anos o centro da meta foi alcançado. No governo Dilma, não será em nenhum dos anos. Isso é gravíssimo”, completa o líder da oposição, Aécio Neves.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s